4.7?

nervosismo.jpg

Curioso como ontem ninguém no Grêmio fez questão de negar um certo medo com o lance do terremoto em Tolima. Os jogadores todos admitiram que ficaram preocupados sim. Mas a reação mais curiosa foi de longe a do preparador físico Flávio Trevisan. O diálogo foi mais ou menos assim:

– Chega a ficar preocupado com esse terremoto lá?

– Não, eu trabalhei no Japão, lá volta e meia tinha isso.

– E como era, o cara fica mesmo com medo?

– Não, uma vez eu estava numa preleção no último andar do Prince Hotel, em Yokohama e começou a tremer. Eu só via aquele lustre enorme indo e vindo. E os japoneses ali, normais, como se nada estivesse acontecendo. Depois tu acostuma.

– Mesmo esse de 4.7?

 – Foi 4.7?

– Aham

(ele se recosta, passa a mão na cabeça) – É, 4.7 não é brincadeira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: