Archive for maio \31\UTC 2007

Kelly

maio 31, 2007

São tempos difíceis e todos os mitos parecem estar caindo ao mesmo tempo. Primeiro, foi a Sharon Stone. Agora, parece ser a vez da Kelly Preston.

Logo ela, linda, loira e tudo mais que podia ter para encantar a mente de qualquer adolescente nos anos 80, ainda mais depois de ter feito a Marylin McCauley em A Primeira Transa de Jonathan. Ela que era assim…

kelli2.jpg

E que agora…

kelly.jpg

Anúncios

O Destino de Dalí

maio 31, 2007

dali.jpg

Demorou um bom bocado. Coisa de uns 60 anos, mas em setembro vai ser finalmente lançado na Inglaterra um desenho animado de sete minutos criado pelo artista surrealista Salvador Dalí. O espanhol começou a trabalhar em Destino em 1946, naquilo que era para ser uma produção da Walt Disney, mas que acabou sendo encostada porque o criador do Mickey e cia. achou que tudo sairia muito caro e de certa forma estranho, porque veríamos os personagens conhecidos interagindo de uma forma peculiar com relógios e telefones, por exemplo. Resumindo: ia ser uma viagem. O material ficou escanteado nos estúdios até que no início de 2000 o sobrinho de Walt Disney, Roy, achou as fitas e resolveu tocar a coisa adiante.

Sem Gotan Project

maio 31, 2007

gotan.jpg

Antes tarde do que nunca. Recebi ontem, dia 30, um mail de resposta que eu tinha mandado para a produtora Babel, dia 12, perguntando se tinha alguma chance de o Gotan Project tocar também
em Porto Alegre nessa turnê brasileira.

Não tem. A resposta foi essa:

“Carlos. Por enquanto fechamos S Paulo dia 20 de junho, no Via Funchal. Amanhã termos confirmação da data em Brasilia e no rio de Janeiro”

Motivação?

maio 30, 2007

scream.jpg

Futebol tem alguns lances curiosos. Por exemplo, Grêmio e Santos começam a decidir hoje quem vai ser o finalista da competição mais importante das Américas. Chegar à final não é motivação suficiente para os dois lados? Acho que é, né?

Tudo isso na real porque recebi um mail que achei, bem na boa, idiota. Ele começa assim: “Hoje o amado time da imprensa nacional, o queridinho da Globo vem a Porto Alegre. O Brasil inteiro estará olhando para o OLÍMPICO e torcendo por uma vitória dos filhotes da corrupção, desejando o triunfo dos sem moral, querendo a glória dos de pouca fé. Teremos como adversários, não um time, mas uma maneira de ver o mundo.”

Como é que é? Queridinho da Globo? Isso valia pra época de Diego e Robinho, mas hoje em dia é ridículo. Mas depois é que fica pior. “Filhotes da corrupção”? “Triunfo dos sem moral”? Perdi alguma coisa no meio do caminho ou só eu não entendi porque diabos o Santos é um “filhote da corrupção” e um “sem moral”?

Aí mais adiante tá assim: “Pagarás pela ousadia de vir ao MONUMENTAL com pretensões! (…) De todos os erros que cometeste na vida este lhe custará mais caro”.

Esse eu acho que entendi. O Santos devia vir para cá sem pretensões. Devia vir querendo perder. Senão, é um erro. E o Grêmio certamente não vai cometer o mesmo erro lá na Vila. Obviamente o Grêmio vai a São Paulo sem nenhuma pretensão. Se puder, já pisa em Santos avisando que quer perder e ser desclassificado.

Na boa, eu ainda acho que só o fato de valer vaga na final é motivação suficiente. Mas se alguém quiser motivar mais a torcida, que pelo menos se dê ao trabalho de escrever uma coisa com mais sentido.

***

Em tempo, eu acho que o Grêmio passa do Santos. Até apostei um McDonald´s lá no jornal.

A encrenca vai ser depois, com o Boca.

Ainda perdido

maio 30, 2007

botha.jpg

Vai tranqüilo que não tem spoiler nenhum.

Depois do que foi o season finale do Lost, nem tem como não ficar falando e falando do seriado e ir atrás de mais coisa Na real, mais sobre o seriado em si do que sobre a história, porque eu realmente não entendo quem revira a internet para saber o final dos episódios antes deles. Definitivamente não entendo a graça de ver uma coisa da qual se sabe o final em detalhes. É só pra dizer que já sabe? Tsc.

Mas… enfim, o site da Empire traz uma entrevista bem boa com um dos criadores da série, Damon Lindelof, onde eles falam do fato de muita coisa ter vazado para a internet, sobre algumas coisas da quarta temporada e algumas dessa terceira. Diz o cara o seguinte:

 “I feel that those people are almost universally disappointed with what they read there, because if it’s cool, they don’t understand the context, and if it sucks, they feel like they’ve saved themselves time. But no one skips to the end of life. You have to live it, and it’s just disappointing to me that people don’t respect the integrity of the show enough to let it unfold naturally”.

Quem não viu ainda a terceira inteira, convém deixar para ler a entrevista toda depois, porque fala sim de muita coisa do fantástico season finale… O que dá pra comentar são algumas questões burocráticas que não influenciam quase nada. Tipo: Lindelof confirma que Lost volta em fevereiro, que não sabe ainda se segue nas noites de quarta-feira e desmente o boato que tava rolando forte na net que o cenário principal da quarta temporada seria chamado “As Ruínas”.

Nacos de mau caminho

maio 30, 2007

Ninguém fica cada vez mais irresistível quanto nossa amiga Beth Ditto, vocalista do Gossip.

Seja em um show, cantando e fazendo um strip como aqui…

… seja na capa da NME com ainda menos roupa…

beth.jpg

O salvador do pop

maio 29, 2007

Lembra do Mika, né? Depois das comparações com Freddie Mercury, agora o rapaz alegre está sendo considerado pela imprensa britânica como nada menos do que o “Salvador do Pop”. E bem na boa, as músicas do cara são sim muito boas. Muito comerciais? Sim. Muito grudentas? Sim. Isso impede a música de ser boa? Não, né. Dei uma catada na internet e tem até uma versão dele cantando Same Jeans, do The View, que beleza.

Boa, não? Pois é, voltando ao salvador do pop. O The Times largou uma matéria sobre o cara dando um resumão sobre como ele chegou onde chegou. Da infância meio atribulada com fugas por causa das guerras no Oriente Médio até os problemas de dislexia no colégio; da tradicional dificuldade para gravar o primeiro cd (um dos Bee Gee´s chegou a demitir um engenheiro de som porque ele deixava o cantor gravar nas horas livres) até o estouro gr Grace Kelly como nº 1 na Inglaterra. Não é tão longa e ajuda a entender porque o cara tem tudo para ser um dos fenômenos pop dos próximos anos.

Sinceramente

maio 29, 2007

Sinceramente, como pode as pessoas gostarem de frio?

We have to go back!

maio 28, 2007

Tá, aquela história, se não quiser saber nada do que rolou nesse final de temporada do Lost, pula pra outro post. Depois da foto, tem “spoiler”. Enquanto isso, Charlie…

charlie.jpg

Ok, eu avisei, agora é por tua conta e risco de estragar surpresas. 

Pois é, Charlie. O rockstar bateu as botas no último, fantástico, genial, maravilhoso e perfeito episódio de Lost. Foi cantar “You All Everybody” no céu junto com a Shannon, o Boone, o Mr. Eko, a Ana Lucia e mais meio mundo que já passou dessa ilha para uma melhor. A morte do personagem deixou o ator e hobbit Dominic Monaghan meio brabo porque segundo ele tinha mais gente na ilha que podia ter ido antes. A declaração é essa: “I think lots of people are gonna be pretty pissed off. Especially as there are others on the show they are more keen on having disappear”. Depois veio com aquele papo migué de que por outro lado é bom porque vai poder se dedicar a outras coisas, blablabla…

Aí lembrei como o mundo é injusto. Monaghan vive – e na vida real, não no seriado – com a fantástica, genial, maravilhosa e perfeita Evangeline Lilly, a Kate. Essa aqui na foto abaixo, para quem ainda não conhece.

evangeline_lilly.jpg

E ele ainda acha motivo para reclamar?

***

Aliás, que merda hein, Jack?

Bitch

maio 28, 2007

12.jpg

Em Team America, Matt Damon era um débil mental. Não, ele não interpretava um débil mental, mas o bonequinho que era pra ser o Matt Damon era meio daqueles tipo que caíram do berço quando eram pequenos. Tanto que ele só sabia falar Matt Damon.

Pois agora ele não é mais um débil, é uma prostituta. E isso quem diz é o próprio. “Me sinto um pouco como uma prostituta por colocar em cartaz dois números três esse ano”, disse, referindo-se ao novos Ocean´s Thirteen e ao The Bourne Ultimatum. Na mesma entrevista, ele diz que não deve mais voltar a interpretar o moço Jason Bourne, mas que não descarta um quarto Ocean´s com George Clooney, Brad Pitt e companhia…