Ituzão

Assim, só pra não dizer que eu não vim aqui. Nada de interessante nessa passagem por Itu. Fora ter passado na chegada por um luhgar chamado Ituzão, não me lembro de nada que seja minimamente interessante. Ok, talvez tudo isso é porque não me acostumei direito com o wireless desse notebook do jornal e então eu prefiro deixar pra escrever mais quando eu voltar, na quinta-feira.

***

Dá pra adiantar só que se o Mano quer fazer mistério sobre o time, precisa avisar os jogadores a não cair em todo e qualquer tipo de verde que se jogue.

***

Sabia que aqui tem um xis que custa R$ 22? Não, não pedi esse, pedi um de R$ 9 mesmo e achei caro. Aí no Cavanhas é mais barato.

***

Nada de treino hoje de manhã, o Grêmio num hotel fechado e escondido bem longe daqui, então não tinha razão nenhuma para acordar cedo – nem ouse dizer o café. Fazia tempo que não emendava 11 horas de sono. Sabe-se lá quando vai ser a próxima chance.

***

Lamentável o discurso desse radialista – eu não dou o nome pra não dar cartaz – que diz, tendo como gancho Grêmio e Santos, que o Rio Grande do Sul tem que se separar e fazer o país das bichonas. Primeiro que é um puta preconceito, segundo que é uma idiotice e terceiro que é o tipo de gente irresponsável que cria um clima perigoso para um jogo que já se anuncia tenso. Óbvio que ele vai estar na cabine dele bem seguro, aí fica fácil.

***

Meu palpite para o jogo é empate: 1 a 1, 2 a 2. O Grêmio faz gol. Só vejo uma eliminação se tomar 4. Mas aí também né…

***

Numa dessas, amanhã tem mais…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: