Chocolate baratinho

choc.jpg

Onde estava o Riquelme?

***

Ficou barato, né? Se fosse 3 ou 4 a 0 não seria exagero nenhum. Tivesse em campo jogadores um pouco mais experientes e o Grêmio teria aplicado uma goleada com facilidade no Inter. A derrota dos azuis na Libertadores encheu de entusiamo os vermelhos, mas parece que cegou o pessoal. Achar que um time com Pinga como expoente era favorito é exagero, no mínimo. Em campo, ele não viu a cor da bola. O bom Iarley errou dois gols feitos e o Alex foi das coisas mais inoperantes que um Gre-Nal já viu. O Mano fez um pega-ratão e se deu bem por ter feito o gol cedo. Com o Clemer dando uma mãozinha, ficou ainda mais fácil…

***

Parafraseando o Mano no início do ano, o Grêmio ganhou porque jogou futebol enquanto o Inter passou a tarde tentando jogar bola. Estratégia não passou nem perto do vestiário do Gallo. Era um bando de gente tentando chegar lá na frente do jeito que fosse. Ceará e Marcão atacavam ao mesmo tempo. Lá atrás nada. Aí era só o Grêmio pegar a bola e chegar no outro lado com velocidade. Nem foi difícil.

***

Não vou entrar no mérito se o Gallo está certo ou não ao dizer que os vários jogadores estavam em um dia tecnicamente ruim, mas ao falar isso em uma entrevista, ele assinou a demissão. Não tem coisa que jogador de futebol mais odeia do que ver um técnico colocar a derrota no deles. Mas a direção do Inter vai apostar no Gallo. Até que todos os técnicos que prestam não estejam no mercado. Aí eles contraram outro Gallo.

***

Sobre o Gallo. Acho que falei com ele uma vez só, na época que cobria Inter pra ZH e tinha um jogo contra o São Gabriel acho, em São Gabriel. Subi as arquibancadas e vi ele – que na época era auxiliar do técnico do Grêmio – ali. Fui perguntar sobre o que ele estava achando do jogo e tal. E ele só respondeu que não era o Gallo. Sem mais perguntas, meretíssimo.

***

Jogar foguete em hotel não ganha jogo, como o Boca mostrou pro Grêmio. E tocar musiquinha no alto-falante para tirar sarrinho do adversário também não. Como o Grêmio mostrou para o Inter. Aliás, comparar o Vitório Píffero com o Flávio Obino é sacanagem. Com o Obino, claro. Ele como dirigente ao menos sempre foi um cara educado.

***

Bacana a musiquinha do post abaixo, né?

Anúncios

2 Respostas to “Chocolate baratinho”

  1. Alessandra Says:

    “ai, eu odeio argentino”

    pfffff, vai lá vestir a camisetinha do Boca 😀

  2. Lu Says:

    Muito tri a musiquinha!
    Realmente, fica-se com ela na cabeça o dia inteiro.
    Fiu, fiu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: