Balanço

richter.gif

Talvez tenha sido só a cabine diferente. Sei não, mas é a única explicação que eu consegui encontrar. Em alguns dos jogos em que o Olímpico recebeu mais público, entre eles a final da Libertadores com o Boca e a final do Gauchão com o Juventude, eu não tinha percebido nada. Nem eu, nem as pessoas que estavam comigo na cabine de imprensa.

Mas domingo, no Gre-Nal, a cabine tremeu e tremeu bem tremido. O Alliati, da GloboEsporte.com, estava sentado ao meu lado com o laptop e o aparelho subia e descia. No final, tremia tanto que as janelas faziam até barulho de bater.

Falei com pelo menos duas pessoas do clube e ambos me disseram que não perceberam nada e que não há risco algum porque a segurança é total.

Então tá.

Mas que tremeu, tremeu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: