Deixa pra depois

benok.jpg

Ben Affleck, aquele canastrão que em quase todos os filmes tem uma cena em que levanta a cabeça, fecha os olhos e abre os braços, resolveu debutar como diretor. Escolheu levar às telas a adaptação de uma obra do escritor Dennis Lehane publicada em 1999. Começou então a filmar no ano passado e há pouco terminou Gone, Baby, Gone. A história: casal de investigadores precisa solucionar o sumiço de uma menina de quatro anos. O filme estava bem cotado, estréia nos EUA em outubro e iria estrear na Inglaterra em novembro, onde também tinha sido selecionado para o Festival de Londres.

É, mas na Inglaterra não vai mais rolar. Temendo e alegando que o público não gostaria de ver uma história que se assemelharia ao caso do sumiço da guriazinha Madeleine, em maio desse ano, os distribuidores cancelaram o lançamento na terra da rainha.

O que levantou uma discussão por lá, afinal de contas o livro foi escrito antes, o filme foi feito antes e trocentos casos de mortes, assassinatos e seqüestros acontecem todo dia e nem por isso filmes com essa temática são cancelados.

Só não precisava o autor da matéria entregar detalhes do filme do canastra…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: