Seria

sophie_.jpg

A questão pode ser discutida sob diversos aspectos, se é jornalismo ou mero sensacionalismo, se é invasão de privacidade ou não e por aí vai. Ainda acho que seja sim sensacionalismo e sim invasão de privacidade, porém há argumentos de todos os lados. Mas eu prefiro prestar a atenção em outra coisa no rolo todo. Na, por assim dizer na falta de um termo melhor, “coragem” do jornal em publicar a matéria.

Seguinte, no início dessa semana um dos trocentos tablóides ingleses, o News of the World, publicou uma matéria revelando que a modelo Sophie Anderton – pelo que entendi uma daquelas pessoas que viram celebridades depois de algum reality show (nesse caso o I´m a Celeb) – é prostituta e negocia cocaína. É, assim, diretaço. Tanto que o título da matéria é “Snorty, snorty, Sophie!” e a linha de apoio diz “Celeb star Sophie Anderton is $10k hooker and coke dealer”. Como chegaram a isso? Um repórter se passou por um cliente e depois fez a matéria. Mas não tem só texto, tem vídeo dela cheirando, vídeo dela negociando o preço pra “umazinha” e até dizendo que dependendo da grana rola um menàge.

Agora pára um minutinho e pensa: qual a chance de algo assim ser publicado aqui no Brasil? Mesmo com vídeos, mesmo com todas as provas possíveis. Duvido que qualquer departamento jurídico dê aval para que o editor publique uma matéria assim. E que fique claro que aqui não vai nenhuma defesa de sensacionalismo nem nada, mas só uma constatação em um meio no qual os verbos na condicional aparecem cada vez mais nos textos. Incluindo nos meus, eu sei. É um tal de “seria”, “deveria”, “supostamente” e por aí vai. A neura e o medo de processo é tanto que ontem fui ver se tinha saído alguma notícia sobre isso no Brasil e tinha uma matéria que dizia que a modelo “teria sido filmada cheirando cocaína” e “teria ficado seminua na cama”. Cara, tem o vídeo dela cheirando. Tem o vídeo e as fotos dela seminua na cama. Ela não”teria ficado seminua”, ela ficou seminua. Por que diabos tanto medo de processo quando alguns fatos estão tão claros?

Sensacionalista ou não, o departamento jurídico do News of the World é cuiudo paca…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: