Vidas anteriores

 cross.png

Celso Roth confirmado. Começo a ter certeza que em vidas anteriores eu joguei pedra na cruz.

 ***

Vagner Mancini parecia cada vez mais que era mais um da turma dos “gente boa”. A gente cosutma brincar que entre os jogadores, os gente boa não jogam nada. Treinos abertos, entrevistas sinceras… O que mais dá para falar? Do trabalho em si não dá para ter opinião muito forte, já que ele não fechou dois meses no Grêmio. Não pôde contar com Soares, Jean e Julio Dos Santos. Contou duas vezes com o Roger e uma com o Perea.

Desde o final do jogo contra o Jaciara achei que a batata dele estava assando. Não achava, claro, que ela ia torrar tão rápido. Tem lógica a justificativa do clube, de que se achava que não estava indo por um bom caminho, o ideal era a troca logo.

De qualquer forma, acho precipitado.

***

Vamos fazer uma bolsa de apostas para ver quanto tempo vai levar até o Roth arrumar rolo com o Roger? Eu aposto em um mês no máximo. No máximo. Já vejo entrevistas do tipo “não é porque o jogador namora uma atriz global que ele tem vaga no time.

Rola insalubridade?

Anúncios

3 Respostas to “Vidas anteriores”

  1. Carlos André Says:

    O livro é uma droga.

  2. Carlos André Says:

    Ah, errei, esse comentário era sobre o filme das garotas Boleta.

    Um mês e meio a dois meses. O cara provavelmente vai querer contrariar sua natureza por um tempo para não se queimar muito.

  3. Carlos Corrêa Says:

    Com Scarlettinha e Natalinha, a história é o de menos…

    A natureza sempre fala mais alto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: