Archive for abril \30\UTC 2008

Gosto

abril 30, 2008

Aí a pessoa precisa acordar cedo para trabalhar, liga o rádio e a mulher diz: “A temperatura é de oito graus”.

E tem quem goste.

***

Fui ontem cobrir o desfile de lançamento dos uniformes do Grêmio para 2008. Um frio de rachar. Ok, a Deborah Secco é sim uma gracinha e a Miss Brasil tem cara de Miss Brasil. Mas eu me apaixonei mesmo foi pela Garota Verão, também conhecida como Raphaela Sirena. Minha nossa…

À direita, ela.

Anúncios

Coldplay for free e a nossa musa-mor

abril 28, 2008

É isso aí, o pessoal está começando a relaxar e curtir ao invés de espernear contra o que é inevitável. Muito melhor do que ficar reclamando porque o disco vazou na internet antes do tempo – já que TODOS vazam -, ou que a internet vai acabar com a música, isso ou aquilo, as bandas estão é pensando novas maneiras de lidar com esse fenômeno. Há pouco o Racounters lançou um álbum novo direto e sem alvoroço, e isso sem falar no emblemático exemplo do Radiohead ano passado, que botou o disco inteiro de graça ou quanto tu quiser pagar.
Agora o Coldplay vem e anuncia que a partir de amanhã, 29/04, o novo single, Violet Hill, vai estar disponível para baixar de graça por uma semana no site oficial da banda. Só na outra semana começa a ser vendido (sim, ainda tem que compre). Na quarta-feira qu vem, um dia depois, sai junto com a NME lá fora um disco com a música e mais um b-side, A Spell a Rebel Yell.
De quebra, a banda anuncia amanhã também mais detalhes de dois shows que vão fazer, DE GRAÇA, em Londres e NY, em junho. Coisa pouca.

***

Pra seguir na música, no site da NME já dá pra ouvir algumas músicas da nossa musa-mor, Scarlettinha. Também dá para ir no Hype Machine, botar lá “Scarlett Johansson” e escutar a dona da melhor boca – e outras coisas – do mundo. Lá também dá para comprovar o quanto ela é musa. Basta escutar coisas como Scarlett Johannson Why Don´t You Love Me, da Jai-Alai Savant, ou então Scarlett Johannson, do The Teenagers.

Eu iria direto para ela cantando Summertime. Praticamente um striptease musical.

***

A final. Vamos lá.

***

Quem viu o jogo sabe que foi parelho. Ganhou quem foi mais atento até o final. Poderia ter sido o Inter no lance de cabeça do Danny Morais. Poderia ter sido o Juventude no pênalti que o Gaciba não deu. Poderia ter sido o Inter no impedimento do Nilmar que ele deu e não tava. Mas foi o Juventude na mosqueada do Fernandão. Mas convenhamos, se alguém tem crédito no Inter para errar, é ele.

***

O 1 a 0 é um péssimo resultado para o Inter. Não porque precisa ganhar, mas porque não pode tomar gol, senão precisa fazer três. Não entendo quem diz que o 0 a 0 estava sendo bom. Bom só se for melhor que 1 a 0 contra. Do contrário, qualquer empate é vantagem do Ju.

***

Agora, o Inter pode também ganhar uma em quatro do Juventude. Ganhar a que vale e pronto.

***

E o Nilmar tem que reclamar menos e fazer mais gols.

O Fernandão, o Cabeça, os Eucaliptos e a Liz

abril 24, 2008

Sorry, my foot is burning.

***

Que jogo, hein? Até uns 40 minutos do segundo tempo eu tava achando com cara de crime. Até que veio o pênalti…

***

Não foi, obviamente, por causa da arbitragem que o Inter ganhou o jogo. Foi um jogo de meio-campo, pressão quase que o tempo todo. Fora que camisa nessa hora pesa. Até acho que é bem possível que o time do Abel embale agora e leve essa Copa do Brasil.

Mas que o homem deu uma mão, deu…

***

Alguma dúvida ainda sobre a importância do Fernandão? A direção devia fazer uma estátua pra ele quando for embora. Aliás, em termos de história (veja bem, HISTÓRIA e não QUALIDADE)… eu sei, vou tomar pau, mas enfim… em termos de história, o Fernandão é o jogador mais importante que o Inter já teve. Sim, mais que Falcão, mais que Carlitos e mais que qualquer outro.

***

Comentário puramente musical sobre as torcidas. Os gremistas costumam cantar mais pro final do jogo uns versos com a melodia de “Pingos de Amor”, uma música do chato do Zeca Baleiro. Os colorados cantarolam “Seven Nation Army”, do White Stripes.

Goleada vermelha.

***

E eu tinha preconceito contra franjas…

Desculpa, Gi.

***

É como aquele cara que diz que ficou com a Aline Moraes e ninguém vai acreditar, então nem adianta falar. Por isso pensei em nem comentar, mas juro que é verdade. Até chamei outros repórteres, mas quando eles chegaram a cena tinha terminado. Eu juro. Na segunda-feira, no final do treino eu vi vários torcedores do Grêmio pegando autógrafos e tirando fotos com o Nunes. Sério. Prometo que quando eu enxergar alguém abraçado no Celso Roth eu tiro uma foto pra provar.

***

Curti fazer a matéria que abre a página 27 de hoje (já é quinta, né) do jornal. A minha idéia era ir até Ivoti para apresentar o adversário que o Grêmio vai ter nesse amistoso de sábado. Aí terça liguei pro clube de noite pra ter algumas informações, já que um dirigente tinha me dito que o Ivoti era profissional, mas no site da FGF não tinha nada. Ligo e atende uma moça, me apresento e tal e pergunto:
– Tu poderia me confirmar alguma competição que o Ivoti dispute ou disputou ano passado?
– Olha, melhor tu ligar amanhã porque eu não faço nem idéia.
Isso no próprio clube. Mas ok, liguei na quarta de manhã, queria saber que horas era o treino da tarde. Só a terceira pessoa, o tesoureiro, soube me falar. Não ia ter treino nenhum. Bom, então resta pegar com ele mesmo algumas informações.
– Quem é o técnico?
– O técnico é o Cabeça.
– Ah, o Cabeça. E tu poderia me dizer o nome do Cabeça?
– Olha, a gente chama ele de Cabeça, mas eu nem sei o nome dele na verdade.
– Hummm… e o estádio ou o campo, como se chama?
– É o Estádio dos Eucaliptos. Mas sabe… o pessoal já cortou todos os eucaliptos, não ficou mais nenhum. A gente até plantou umas mudas de figueiras. Mas já têm umas partes com sombra.
Vai dizer, sombra é importante né? Bom, mais tarde resolvi ligar para o presidente que ficou de um pouco depois me conseguir o time. Deixei o número do jornal e uns 10 minutos depois alguém me liga. Era o Cabeça. Gente boa, gostei de entrevistar o Cabeça. Perguntei se ia ter treino e ele disse que não porque infelizmente alguns jogadores iam estar na aula de noite. Educação também é importante. Educação e sombra. Mas enfim, o Ivoti vai enfrentar o Grêmio sem ter treinado sequer uma vez esse ano. Mesmo assim, achei o Cabeça bem confiante. Ele disse que acha que o Celso Roth vai pensar no São Paulo e por isso vai povoar o meio de campo para o amistoso.
– Vou tentar manter a posse de bola no meio de campo deles.
– E já que o Ivoti vai ser o São Paulo, quem é o teu Adriano? – perguntei, meio que brincando.
– O meu Adriano é o Fernandinho, que já jogou no Guarani de Garibaldi e de Venâncio.
Promete esse Fernandinho. E esse amistoso. Vou tentar ficar em um lugar com sombra lá no sábado.
Ah, o nome do cabeça é José Bavaresco.

***

Hoje de noite volta o Lost. Mas depois que várias pessoas ficaram surpresas com algumas coisas nos últimos episódios e eu perdi as surpresas, resolvi que não leio mais nada nesses sites. Só as críticas e olhe lá. Tenho cada vez mais medo de spoilers.

***

Ficou grande esse post hoje, né? Então pra dar uma respirada no final… Liz Hurley, que um dia já reinou sozinha como a melhor de todas…

Intervalo

abril 19, 2008

Chega de doping, atípicos, Gauchão e dupla Gre-Nal.

Now it´s fun time!

Primeiro, o tv spot do novo Indiana Jones

E agora, obviamente, o melhor.

Fazia tempo que ela não dava as caras aqui…

Então para matar a saudade da sua, da minha, da nossa Elisha Cuthbert

Faça o que eu digo, não faça o que eu faço

abril 18, 2008

De novo o doping. Ou melhor, não-doping. Ou melhor ainda, sabe-se-lá o que.
Há algumas semanas o Roth disse que a imprensa precisa ter assunto e por vezes força algumas barras. O que a gente sabe que é verdade.
Agora, foi a vez do Grêmio e da Federação Gaúcha de Futebol forçarem uma barra. A pior, claro, foi a da FGF. Fazer um auê em cima do vazamento de que teria um caso de doping no Gauchão é ter falta de assunto do lado de lá. Ontem, no final da tarde o site da FGF largou um comunicado oficial que termina com a brilhante frase: “Todas as pessoas que divulgaram informações apontando este ou aquele clube ou atleta faltaram com a ética pois esta tarefa cabia a Federação Gaúcha de Futebol que o fez cumprindo a risca o protocolo destas questões“.
Falta de ética? Notícias vazaram a vida toda, não ia ser exceção nesse caso e nem vai ser a última vez. Do contrário, vira o império dos releases e comunicados oficiais.  E outra, “cumprir à risca o protocolo” não. Tenho entrevistado o diretor-médico da FGF, Ivan Pacheco, desde segunda-feira. Em todas as vezes ele me lembrou que o procedimento padrão seria ele receber o documento e se houvesse algum resultado atípico ou positivo, comunicar o clube. Daí jogador ou clube TERIAM 24 HORAS PARA SE MANIFESTAR. Só depois disso a FGF poderia divulgar. O que aconteceu ontem? A FGF recebeu os exames de tarde e no mesmo turno divulgou quem era o jogador. Belo protocolo. Diz que rolou um “deixa que eu mato no peito. Mas aí a falta de ética é de quem divulgou o assunto antes de ele ser “oficial”. Como se alguém nesse meio tempo tivesse divulgado alguma inverdade. Lamentável.
Engraçado que ano passado, quando um comentarista divulgou antes que o exame anti-doping do Marcão tinha dado positivo, a FGF não fez escândalo nenhum. Aí pode vazar na boa.

Vermelho

abril 17, 2008

Guillemots era pra mim a banda de um disco meio sonolento – Through the Windowpane – que, no entanto, tinha Made Up Love Song #43, que era bem bonita. Aí há pouco eles lançaram o álbum novo, Red. Lá vou eu baixar esperando mais uma trilha para o pré-sono que tivesse pelo menos alguma coisa tão boa quanto aquela música. Escutei indo pra Caxias naquele Grêmio x Juventude. E qual não é a surpresa que os caras parece que de uma hora para outra ficaram, sei lá, felizes. O que acabou sendo bem bacana, já que o disco é… vamos a uma definição bem original… para cima. Não saiu mais do iPod.
As rádios daqui são suficientemente trouxas para ignorarem uma balada chamada Falling Out of Reach (no site oficial tem um vídeo dela), o que não é de todo ruim porque é certo que tocaria dia e noite de tão boa. Mas enquanto a banda não faz clipe dessa música, a gente fica aqui com Get Over It, uma das alegrinhas.

Guillemots – Get Over It

Se curtir, dá uma ouvida também em algumas outras no MySpace dos caras Se preferir, o Red tem para baixar aqui. Aproveita e baixa o Last Days, o novo do Moby. Mas sobre esse a gente fala mais adiante.

***

Por falar em Red, depois de ontem acho que foi pra banha. 2 a 0 fora na Copa do Brasil é um parto para buscar em casa. Impossível não é, mas é aquela coisa, se tomar, tem que fazer quatro, aí já viu. Pra tu ver, os caras reclamam do Fernandão e tal. Aí ele não joga e a vaca vai pro brejo…

***

O doping. A gente tá com essa história lá no jornal desde domingo. O médico do Grêmio disse que isso apareceu na imprensa terça. Ele não deve ter lido jornal, mas tudo bem. O fato é que as fontes “seguras” já nos garantiram terça-feira de noite que era um, depois ontem de tarde que era outro. Quer saber? Acho que até agora é tudo chute. Tenho falado todos os dias com o médico da FGF e o cara me jura de pé junto que ninguém tem como saber do exame antes dele. E outra, é o tipo do caso que mesmo a gente sabendo antes, se a federação ou o clube não confirmarem o nome, não adianta nada. Ninguém é louco de publicar sem ter respaldo oficial e tomar um processo na cara. Hoje de tarde parece que sai.

Mas dizem que é certo que é o…

Basta!

abril 14, 2008

Pronto, já agüentei o frio com bom humor o tempo que dá: um dia.
Agora pode fazer calor de novo. Ou chegar setembro de uma vez.

R2-D2

abril 12, 2008

Eu jurava que se alguém tinha um problema assim era o Darth Vader, que tinha aquela respiração metálica e tal.
E então veio a surpresa… R2-D2 sofre, quem diria, de asma! Ou pelo menos o anãozinho que vivia ele. O ator Kenny Baker, de 73 anos, deu entrada esses dias no hospital sem conseguir respirar dire

Fico pensando como ele fazia pra respirar dentro de um boneco daquele tamanho…

(De novo) o Roth, o Bart e a nossa Cameron

abril 11, 2008

Eu não vou escrever muito sobre a desclassificação do Grêmio até porque todo mundo já falou disso. Vamos combinar que para quem viu o jogo da ida, não foi  surpresa nenhuma. Só acho que a torcida pedir a saída do Pelaipe – apesar dele ter errado ao trazer o Roth – é no mínimo ingratidão. Alguém que levou à final da Libertadores um time com Patrício na lateral e Tuta de centrovante merece pelo menos mais crédito.

***

Ah, uma coisa eu achei pelo menos curiosa no jogo ontem. O Grêmio eliminado no Gauchão domingo pelo Juventude, eliminado ontem pelo Atlético-GO da Copa do Brasil… e no meio da Geral alguém segurando um caixão vermelho e branco. Mas confesso que não entendi

***

O Celso Roth disse que não foram apenas alguns torcedores que falaram mal dele depois do jogo. Não deixa de estar certo, afinal de contas em um mundo com mais de 6 bilhões de pessoas, o que são 30 mil pessoas mandando ele tomar no…

***

A Debora Secco tava com uma cara tão tristinha no final…

***

Tá, vamos falar das coisas realmente importantes…

***

Na Venezuela, proibiram uma rede de TV de passar Os Simpsons pela manhã porque “não favorece a formação integral das crianças”. E aí botaram o que no mesmo horário? Baywatch!!!!

Ou seja… esse rapaz abaixo é um mal-exemplo para los chicos na Venezuela

Já a Pamela Anderson é sinônimo de uma boa formação das crianças…

***

A internet é uma maravilha. Agora, tem a notícia de que uma “executiva” de uma multinacional cansou da vida monótona e resolveu virar atriz pornô. Detalhe, ela é descrita como a “Cameron Diaz brasileira”. Agora vamos à comparação.

Primeiro, a original…

Agora, a “nossa” Cameron…

Tirando o rosto e o corpo, até que elas são parecidas…

***

Só pra terminar, algo que me intriga. Ok, vai ver eu sou o burro e não pesquei a idéia genial dos publicitários geniais que fizeram a campanha genial. Mas alguém pode me explicar aquela naba de campanha da Net na TV com aquele russo?

O Roth e a Shakira

abril 7, 2008

E não é que o time do Elvis não morreu mesmo?

***

Lá pelas tantas no meio da primeira fase do Gauchão, discutiu-se qual das duas chaves eram mais fortes, a do Inter ou a do Grêmio. Bom, terminaram as quartas-de-final e o grupo do Inter acabou classificando três clubes. O do Grêmio um.

***

Sinceramente, alguém está surpreso com o Celso Roth? O menor problema dele é o relacionamento com a imprensa. O maior é que ele não é bom treinador e não por acaso não ganha nada desde 2000. Na última passagem dele pela capital, quase rebaixou o Inter em 2002. Antes, no Grêmio, deixou o Ronaldinho no banco. Agora, se abraçou no Nunes. Podem reclamar de tudo, menos coerência.

***

Se o Inter achar que já está na final, termina o Gauchão em terceiro.

***

Os três escolhidos para Cristo ontem no Olímpico foram o Roth, Nunes e o Paulo Pelaipe. O Nunes não se justifica. Ele é ruim, ok, mas aí não é culpa dele. A culpa é de quem escala ele. Não se pode negar que o guri é esforçado. Mas jogador esforçado é uma coisa e bom é outra. O Roth é aquela coisa, né? E o Pelaipe pode ser culpado por ter trazido o Roth. De resto, o grupo de jogadores do Grêmio não é uma maravilha, mas está longe de ser uma naba. Agora, se o técnico vai e ao invés de escalar os melhorzinhos, se abraça nos outros…

***

Ah, o time do Vágner Mancini ganhou ontem.

***

Quando um cara pergunta se uma guria é bonita e respondem que ela é “querida”, está subentendida a resposta. Quando um técnico diz que um jogador é “taticamente importante”, vocês sabem o que quer dizer né…

***

Eu era por lançar uma campanha contra os jogadores esforçados. Aqueles que dão carrinho quando a bola está saindo pela lateral. E não alcançam, claro. O slogan podia ser uma coisa tipo “Fora o esforço! Liberdade para os bons!”. Slogans melhores, aceitamos sugestões…

***

Sem querer criar pavor no Juventude nem nada. Mas o Ipatinga era considerado uma espécie de filial do Cruzeiro em Minas Gerais. Aí em 2005 se revoltou e no Mineirão lotado, foi lá, ganhou da matriz e saiu campeão aquele ano. Ontem foi rebaixado.

***

Antes tarde do que nunca: será que tem mesmo uma fita com um menáge da Shakira? Uh…