Archive for maio \29\UTC 2008

Música para Kate e o Douglas IX

maio 29, 2008

Já que a Evangeline Lilly disse que gosta, é mais do que obrigação da gente agradar ela.

Então Kate, esse The Postal Service é pra ti.

The Postal Service – Such Great Heights

***

Eles não param nunca de chegar… segue a disputa pelo Prêmio Douglas 2008

15. É o fruto do trabalho que a gente vem trabalhando.
Rever, do Grêmio, explicando o bom trabalho da defesa no trabalho

Plantão da Globo

maio 28, 2008

Musiquinha do plantão da Globo, por favor…

***

Agora sim…

***

O site do MSN publicou esses dias uma entrevista com a Evangeline Lilly, a sua, a minha, a nossa Kate. Também conhecida como a mulher mais linda do mundo, aquela coisa toda. Vamos a alguns trechos:

Where are you going to go? Do you know yet?
I’m going to probably be in Europe and then maybe Latin America after that”

Is it accurate to say that you’re a reluctant sex symbol?
I think it’s very accurate. I think reluctant may not be strong enough of a word. I fight it really hard”

What’s on your mp3 player?
Oh, lots and lots of good stuff. Recently I’ve been getting into Bjork. I love Eisley. I love Radiohead. I’m a big fan of Damien Rice, the Postal Service”

***

Resumindo, além de perfeita, ela é modesta, gosta de Postal Service e sim, há uma chance de eu cruzar com ela na viagem. Acho que tá bom.

Na seqüência

maio 26, 2008

Semana passada vi Um Beijo Roubado. Ali pelo começo tem um diálogo sobre um casal que se separou. Eu não vou lembrar exatamente as frases, mas é algo mais ou menos assim:
– Esses eram ingênuos o suficiente para achar que ficariam juntos a vida toda.
– E o que aconteceu?
– Nada. É assim.
Tão singelo quanto genial. É exatamente assim, ainda que a gente insista em não acreditar.

***

Agora sim com as passagens na mão. 25/8 – 25/9. Mas eu volto para o Gre-Nal.
STB 1 x0 CVC

***

O Yahoo Movies largou esse final de semana uma matéria (se bem que não chega a ser uma matéria, é mais uma lista) com seqüências que superaram o filme original. A lista deles é a seguinte:
* O Império Contra-Ataca
* O Poderoso Chefão II
* O Exterminador do Futuro 2
* O Ultimato Bourne
* Aliens – O Resgate
* Jornada nas Estrelas 2
* O Homem-Aranha 2
* Bill and Ted´s Bogus Journey
* Rambo II
* 007 Viva e Deixe Morrer
* Sanjuro
* O Senhor dos Anéis – O Retorno do Rei
* Drunken Master 2
* Harold and Kumar Escape from Guantanamo Bay
* Dawn of the Dead
* X-Men 2
* A Família Addams 2
* Toy Story 2
* Superman 2
* O Silêncio dos Inocentes

Exército do Império no gelado planeta Celso Hoth, em O Império Contra-Ataca

Bom. No que dá para concordar: O Império Contra-Ataca, O Poderoso Chefão II, O Exterminador do Futuro 2, X-Men 2 e Toy Story 2.
Alien – O Oitavo Passageiro é melhor que o segundo, assim como o primeiro Homem-Aranha é o mais bacana.
Vários outros ali, como o Senhor dos Anéis, podem ser melhores que o primeiro, mas ainda assim são um saco.
Ninguém sabe que teve um tal Manhunter antes do O Silêncio dos Inocentes, então não conta.
Chega a ser heresia afirmar que seqüências como 007 Viva e Deixe Viver e Superman 2 são melhores que os antecessores.
O que eu acrescentaria ali:
* Indiana Jones e o Templo da Perdição
* Máquina Mortífera 2
* Kill Bill 2
* American Pie – O Casamento

***

De novo não vi o Inter porque foi no mesmo horário do Grêmio.

***

Grêmio 2×0 Náutico
O Náutico marcou bem o Grêmio no começo do jogo e foi bem complicadinho até o primeiro gol, quando precisou um zagueiro ir à frente para resolver as coisas, porque do jeito que estava não ia rolar. Depois, em vantagem, o Grêmio mandou no jogo sem muitas dificuldades. O Soares mais uma vez não jogou nada e o Rafael Carioca mais uma vez jogou bem. Não vai ficar muito tempo por esses pagos desse jeito.

***

Aliás, meio estranha a dicção do locutor do Olímpico. Na hora de anunciar os resultados no intervalo ele leu todos muito bem. Até a hora que chegou o placar de Inter e Flamengo: “No Maracanã, Flamengo 0, Inharrã 1”. Ele disse tudo, menos Inter. Foi até engraçado. Mas na real é bobo.

***

Eu ao menos não tinha visto antes, vi no repeteco. Entrevista na ESPN Brasil do Alex, o meia que joga na Turquia. Se passar de novo, vê que vale. Além de jogar muita bola, é um dos jogadores brasileiros mais lúcidos. Não foge de assunto nenhum, é inteligente e com personalidade. Nota 10.

***

Quinta-feira termina a mais-do-que-genial-e-quase-perfeita quarta temporada de Lost. Aí só 2009…

Quase e Douglas VIII

maio 21, 2008

Eu tava quase deletando o No Hay Banda, o blog de cinema, mas aí resolvi dar uma repaginada para ficar mais fácil de fazer. Dá uma olhada lá.

***

Eu não sei se a iniciativa partiu do próprio ou de alguém lá no Grêmio, mas Celso Roth parece outra pessoa nos últimos dias. As entrevistas têm sido não apenas calmas como até uma conversa boa.

***

Como estava trabalhando no Olímpico, não vi todo Inter x Palmeiras, então não tem comentário nenhum.

***

Grêmio 0x0 Flamengo
O Grêmio melhorou muito em relação a ele mesmo esses últimos dias. Há algumas semanas, se fosse pegar o Flamengo, os cariocas ganhavam talvez até com facilidade. Por isso, para os gremistas a pressão feita no domingo talvez tenha sido uma boa surpresa. Tem aquele papo todo de que se não fosse o goleiro, blablabla. Mas também é preciso criar mais, já que de todas as 500 defesas do Bruno, apenas duas foram difíceis mesmo. Rafael Carioca e Hélder parecem ter tudo para se afirmar, enquanto o ataque… Pela TV, achei que no primeiro tempo podia ter rolado um pênalti sobre o Réver, mas o tão reclamado lance no final, em cima do Jonas, eu acho que vai do árbitro. Não acho que ele tenha errado ali. O Flamengo: Léo Moura joga muito, enquanto a última partida boa do Kléberson deve ter sido Brasil x Alemanha, em 2002.

***

Por pouco não dou o balão do ano ontem. Primeiro, pra que fique claro e não role mais corneta, quero deixar claro que eu acho a Debora Secco bonita e tal, só não acho que seja uma deusa de parar o trânsito. Sem produção como vi ela no Olímpico é uma guria muito bonita, como tu vai no Ossip e na Padre Chagas e vê tantas outras. Ponto. Corta para ontem.
Entramos na sala de imprensa para a coletiva do Roth e está lá o Roger mexendo no computador do assessor de imprensa. Nisso, um colega faz entre nós um, digamos, comentário elogioso, sobre uma colega que ele achou bonita no domingo. Aí resolvi comentar que na saída do jogo contra o Flamengo tinha pego elevador com a mulher-mais-linda-da-cidade-nos-últimos-tempos, que é a Garota Verão, a ma-ra-vi-lho-sa e per-fei-ta Rafaela Sirena, que eu já tinha comentado lá ser muito, mas muuuuuito mais gata que a Deborah Secco. Aí outro colega, só de sacanagem larga um “A Garota Verão? Tsc, fraca!”. Nisso, vou no embalo, a mil, pronto para responder na mesma moeda. Eu acho que cheguei a ensaiar as primeiras sílabas. Deve ter saído um: “Fraca?!?! Fraca é a De…”, quando um anjo da guarda ou alguma outra entidade me fez lembrar que o Roger estava ali, a dois metros. Se saísse a frase, eu só imaginava a cara dele me olhando tipo “Aham, tá pegando a Gisele Bündchen decerto”…
É óbvio que eu não acho fraca. Mas é que a Rafaela…

À direita, a nossa deusa em foto da ACS do Grêmio

***

Entre as mudanças gráficas no Correio do Povo, eles acrescentaram os nossos mails nas matérias assinadas. Demorou um pouco no começo, mas agora as pessoas têm escrito bastante. E aí dá pra ter uma idéia do que pensam os torcedores. Por exemplo, tem um gremista dizendo que o Grêmio é SEMPRE, isso mesmo, SEMPRE roubado e que a gente devia fazer uma matéria sobre isso. Aham, claro. E um colorado dizendo que acha o Fernandão uma naba e que o Inter tem que se livrar dele o quanto antes. Aham, claro.

***

Outro candidato ao Douglas 2008. Para mim, o favorito até agora:

14. Tivemos a sorte de vencer, mas os 4 a 0 não dizem o que foi o jogo.
Celso Roth, explicando as dificuldades do Vasco vencer o Náutico ano passado

***

As passagens só não estão ainda aqui porque a CVC é vacilona.

***

Essa semana não tem Lost. Semana que vem tem a última parte da temporada com um especial de duas horas e depois, paciência, só em 2009. Mas não desanima. Além de uma nova série do mesmo produtor, a tal Fringe e da volta de Heroes, a melhor série do ano passado já está em gravações da segunda temporada e em setembro dá as caras de novo. Ou seja, adivinha quem está por dar as caras de novo????

Isso mesmo, Hank Moody e seu sacana e ótimo Californication

Amo muito tudo isso

maio 17, 2008

Resolvo comprar um sorvete no McDonald´s ali da frente do jornal. Vou até ali:
– Oi, um Top Sundae de caramelo.
– R$ 4,75.
Pago, pego o troco e aí a outra guria, não a do caixa, pergunta:
– Pode ser de morango?
– Não, caramelo por favor.
– Caramelo não tem mais, só morango.
Legal, eles avisam isso DEPOIS da pessoa pagar.
– Ok, pode ser morango então.
Aí ela vai botar a cobertura.
– Paçoca?
– Pode ser castanha?
– Não, só paçoca.
– Então… paçoca.

Até agora me arrependo de não ter pensado numa resposta melhor.

Não me entenda mal

maio 15, 2008

As passagens saem essa semana. Se eu me coçar, claro. Ok, no máximo semana que vem.

***

Ela não é necessariamente bonita, apesar de engraçadinha. Vale muito mais pelas músicas, vide Smile e a versão para Don´t Get Me Wrong, mas enfim, se tu quiser ver a Lily Allen “mais à vontade”, clica aqui e… até que é uma comissão de frente interessante, admito.

***

Sport 3×1 Inter
Eu não queria ser o Jonas nas próximas semanas. O Jonas é o Leandro Guerreiro da vez. Por mais que a derrota não seja exclusivamente culpa dele, passa sim por ele e aquele erro bobo em um momento em que o jogo estava controlado costuma não ser esquecido pela torcida. O gol no começo do jogo foi logo absorvido pelo simples motivo que o Inter passou a jogar bem em seguida, tanto que empatou. E aí o jogo estava sob controle, mas assim, completamente sob controle. Até que o Jonas errou, o time tomou o gol e aí se perdeu total. Estava na cara que o Sport faria outro gol. Até que demorou.

***

Ontem estava fazendo umas entrevistas para uma matéria sobre a camisa nova do Grêmio, já que a gente tem recebido muitos mails reclamando daquela parte abaixo do número. Enfim, tinha falado com a gerente da Grêmio Mania e ia entrevistar alguns torcedores quando olho para o lado e vejo Humberto Gessinger, vocalista dos Engenheiros do Hawaii. Pensei, “Pô, dei pé quente, já que o cara é gremistão”. Falei com o cara, que disse que não curtiu muito a camisa, mas mais pelas listras do que pelo número atrás. Entre uma pergunta e outra, não tinha como não notar que o cara tem um dente de ouro, ou seja lá o que for. E é um dos da frente, então chama muito atenção, fica um negócio meio estranho porque não tem como não perceber e tu quer fazer de conta que nem percebeu. Que diabos faz uma pessoa ter um dente, e um dente da frente, de ouro?
Em tempo: Engenheiros já foi legal, o primeiro disco deles, Longe Demais das Capitais, é muito muito bom. Mas faz teeeempo que não rola nada que valha a pena.

***

Eles estão se referindo a vocês como os Oceanic Six…

***

Há alguns dias eu tinha falado na balada Falling Out of Reach, do Guillemots. Pois é, agora saiu o clipe. Que na real é bem xaropinho, mas o que interessa mesmo é a música, então…

Guillemots – Falling Out of Reach

***

Não esquece, semana que vem estréia o Indiana Jones novo!!!

***

Se alguém souber quem vende um sistema digestivo em bom estado…

1ª rodada e Douglas VII

maio 12, 2008

Como todo leitor habitual do blog sabe, 80% das idéias que eu tenho para este espaço vão pro saco logo em seguida. Portanto, a intenção de um comentário rápido sobre os jogos de Inter e Grêmio, como todas as outras, não deve durar também, mas não custa tentar, né?

***

São Paulo 0x1 Grêmio
O primeiro tempo foi quase como o Dança com Lobos em termos de sonífero. Aí no segundo deu uma melhorada. O Roth montou um esquema certinho, fechadinho e apostou na bola parada. Deu certo. A reclamação do São Paulo no lance do gol do Pereira é piada. Foi falta sim, o Alex Silva é que foi bobo em fazer, porque o Roger não ia fazer nada ali. E se alguém pode reclamar da arbitragem é o Grêmio, já que teve um pênalti escancarado no Soares. Para completar, o São Paulo achou que fosse ganhar ao natural , mesmo com os regras em campo. Quando se deu conta que a coisa ia encrencar, era tarde. Não sei se passa pelo Flu na Libertadores. Se bem que eu acho que vai dar Boca de qualquer forma.

***

Dei uma lidas nos blogs ontem e hoje. Que legal, agora ninguém mais criticava o Roth. Até sábado, era quase uma unanimidade que o cara devia sair. Aí hoje a coisa virou um tal de “os outros criticavam e eu dizia que era preciso cautela”. Aham, tá bom.

***

Inter 1×0 Vasco
Outro joguinho bem do sem graça. Até começou interessante, parecia que ia ser disputado, mas depois ficou no marasmo. No finalzinho, o Inter fez de tudo para entregar e não fosse o Renan ter feito aquela defesaça, até tinha entregue. Não foi pênalti para o Vasco. Parecia que sim, veio a outra câmera e parecia que sim de novo, mas a de trás deixa claro que o carinha se atirou.

***

Tá chato já elogiar o Lost, mas é que realmente tá cada vez melhor. Já viu o trailer do próximo? De arrepiar…

***

Mais candidato ao Douglas:

13. É mais por previsão.
Andrezinho, do Inter, ao justificar ter sido substituído e mostrar que sabe como ninguém conjugar o verbo prevenir.

Oito

maio 7, 2008

Oito? Com direito a goleiro batendo pênalti com toquinho? Faltou o que para a humilhação ser maior?

***

Não adianta, jogador bom faz boas partidas, oscila um pouco e tal. Mas jogador muito bom é aquele que na hora que a coisa aperta, é ele quem vai lá e decide. Por essas e por outras que o Fernandão é o maior jogador que o Inter já teve. Talvez não o melhor, mas disparado o maior.

***

Aliás, no domingo fiquei com os “personagens” para a edição de segunda-feira. Não precisou nem começar o segundo tempo para que todo o estádio soubesse que o personagem era o Fernandão. Portanto, terminado o jogo – não vi o gol do Clemer, já que os gentis e sempre solícitos seguranças da FGF não deixaram o pessoal dos jornais entrar no gramado aos 46 minutos do segundo tempo, mesmo que tivesse umas 500 pessoas nada a ver ali já – fui atrás do capitão colorado. Em finais, é um parto conseguir entrevistar. Porque ao invés das habituais 3 rádios de Porto Alegre que cobrem, têm outras 500 do interior. Então é uma atrás da outra e como os caras estão ao vivo, não rola de ficar cortando. Pelas minhas contas o jogo terminou um pouco antes das 18h. Acho que eu só consegui falar com ele lá por umas 18h40min, 18h45min. Antes disso, para acompanhar e tentar alguma coisa eu praticamente dei a volta olímpica junto.
Educado e inteligente, o Fernandão é sempre uma boa entrevista. São raros os casos assim. Sem pensar muito e por cobrir muito mais o Grêmio nesses útlimos tempos, lembro só outros dois caras assim: Lucas e Tcheco.

***

O mais divertido nessa de acompanhar o Fernandão foi perceber que além de mim e do Behs, da ZH, quem também acompanhou o cara O TEMPO TODO foi a Musa do Gauchão. Parece que no final das contas ela conseguiu a camisa.

***

Deu, agora chega de camisa branca né? Pode voltar a vermelha.

***

Jardel? Essa polêmica não é séria. Não pode ser. Eu já acho o Tite solução mágica, imagina o Jardel. Só lembrando, ele foi campeão pelo Grêmio em 1996. Portanto se passaram 12 anos. DOZE ANOS.

***

Nunca pensei que eu fosse dizer isso, mas enfim… Estão pegando pesado demais com o Roth. Eu, assim como 90% das pessoas, tenho implicância com ele. Até aí, ok. Mas sinceramente, para mim tanto faz ele ficar no Grêmio ou não. Eu vou fazer o meu trabalho seja com ele ou com quem for. Aí que eu acho que a coisa tá pegando, porque os comentários na mídia tomaram ares de campanha. E não cabe a gente fazer campanha pró ou contra, gostando ou não do cara. Continuo não achando ele bom treinador, mas não pela questão do relacionamento e sim pelos resultados. No caso, a falta deles. Mas isso quem acha sou eu. Se ele vai ficar ou não no Grêmio, quem tem que decidir é o Grêmio.
Para completar, a especulação é de que ele saindo viria o Ivo Wortmann. Que, mais uma vez repito, para o meu trabalho, não vai fazer nenhuma diferença. Mas que é um cara que ganhou ainda menos que o Roth.

***

Sim, também acho que o Ronaldo faz o que bem entender. Deixa o cara…

***

Alguém discorda que o Lost tá cada vez melhor? Tirando o episódio da Juliet e o do… (não dá pra falar o nome), todos os outros oito episódios da quarta temporada foram de muito bons para ótimos. Fora que a Kate de calcinha na semana passada chega a ser covardia…

***

Escutei finalmente o cd da Scarlett Johansson. E ela… bem, ela é linda. E agora também é noiva, para infelicidade da nação.

***

Bem menos linda e bem melhor musicalmente falando é a nossa amiga Beth Ditto, do Gossip. Ok, bem mais cheinha também. Mas o álbum ao vivo da banda em Liverpool lançado há pouco é das coisas mais empolgantes lançadas ultimamente. Taí “Standing in the Way of Control” que não me deixa mentir…

Douglas VI

maio 3, 2008

Depois de alguma demora, mais dois candidatos ao Douglas 2008.

11. Decisão é como o nome mesmo já diz, decisão.
Volante Hélder, do Juventude, decisivo.

12. O professor deixou claro não só que sou titular como também que o grupo todo está lutando por uma vaga.
Atacante Soares, do Grêmio, em frase esclarecedora.