“Inconseqüência”

adriano

Dois dirigentes de um conhecido e tradicional clube brasileiro conversavam no início da semana, no Rio de Janeiro, onde era realizado o Footecon. Ambos comentavam sobre o recém surgido interesse do Flamengo em repatriar Adriano, o Imperador. Então um deles, faz a seguinte observação:
– Não dou uma semana para ele aprontar alguma na Itália.
Menos de uma semana depois, o jornal italiano Gazetta dello Sport publica uma matéria afirmando que Adriano foi mandando embora do treino da Inter de Milão por ter chegado alcoolizado.
De acordo com o dirigente, era previsível. Mais do que isso, não foi uma atitude tão “louca” ou “inconseqüente”. Pelo contrário.
– O único jeito de Adriano sair da Inter hoje em dia é sendo mandado embora – afirma.

Ninguém faz cara de surpreso se daqui uns dias o Flamengo anunciar Adriano, certo?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: