Archive for março \29\UTC 2009

Nem parecia Gauchão

março 29, 2009

polenta

# Não é clássico pelo simples motivo que no Rio Grande do Sul existem dois grandes times e nenhum deles é o Juventude. Mas foi um jogaço. E foi um jogaço porque tanto Inter quanto Juventude quiseram ganhar. Parcialmente, ambos conseguiram. Seis gols, alternância de placar, lances duvidosos, um gol de placa. O jogo desse sábado teve todos os ingredientes que um grande jogo pode ter. Tomara que na reta final tenha mais disso. Nem parecia Gauchão.

# O Inter teve um volante expulso. Tite não tirou ninguém. O Juventude teve um lateral expulso. E não se retrancou. No meio da semana, o Grêmio tinha um jogador a mais em campo. E CJ trocou um atacante por outro. Depois não sabe porque…

# Inter e Juventude foi um baita jogo apesar do árbitro Fabrício Neves Corrêa. Que não é mal-intencionado nem nada. Só é fraco. Bem fraco. Podia não ter dado nenhum dos pênaltis, mas se foi duvidoso, ok, não dá pra criticar. Mas é um árbitro que não tem o mínimo controle do jogo, aí começa a dar amarelos sem critério e se perde ainda mais.

# O Grêmio quer que a FGF troque algumas datas do Gauchão. Seria um pouco mais inteligente pleitear isso sem acusar o presidente da Federação de colorado. Mais inteligente e mais educado, claro.

# Pelas informações que circulam por aí em termos de novos empresários no futebol, daqui um tempo dizer que virou sacanagem não vai ser figura de linguagem.

# Eu não sei tu, mas eu acho Eliminatórias Sul-Americanas da Copa um tremendo saco. Tirando Brasil x Argentina, os outros jogos são de uma chatice tremenda, principalmente aqueles jogados aqui no país. Ou alguém realmente acha que o Brasil tem chance de não ir pra Copa? É tipo ver um filme sabendo o final.

# Hoje é domingo. E para ver o BBB tem que ficar vendo ao menos o finalzinho do Fantástico. O que me lembra que o programa tem o negócio mais constrangedor atualmente da TV brasileira, que são aqueles vídeos das pessoas elogiando as matérias. Sério, eu sinto vergonha alheia. Pior que isso, só aquelas fotos GPA que apareciam um tempo atrás no Teledomingo.

# Não desliguei a luz no sábado. Sorry, Caramelo. Vai ver foi meu troco pela natureza sempre dar um jeito de chover quando eu tô de folga.

# Eles são os responsáveis por uma das melhores músicas dos últimos tempos, Young Folks, também conhecida como a musiquinha do assobio. Agora, Peter Bjorn & John lançam o primeiro álbum que sucede o Writer´s Block (ok, teve o Seaside Side, mas era só instrumental): Living Thing. E a coisa segue boa, como mostra o clipe de Nothing to Worry About.

Tem um quê de Praise You, não?

Rua Padre Cacique

março 27, 2009

oasis1

# Pronto, ingresso do Oasis na mão. Rateei e ao invés de comprar no Bourbon Country, comprei na Fnac, sem saber que lá tem a tal taxa de 20%, que deve ser alguma coisa tipo “taxa para não ir até o outro lado da cidade comprar o mesmo ingresso que tu pode comprar aqui e agora”. Fui hoje com receio de que terminasse logo, pelo menos o primeiro lote esse que é mais barato. Mas no fundo acho que não vai encher, vai ser tipo o Pearl Jam em 2005. Na RUA Padre Cacique.

# Ó, diz que no Japão o Noel resolveu incluir Whatever no setlist, sem tirar nenhuma outra. Torçamos.

# O Krieger tem razão: o Gauchão não interessa. O Krieger está errado: Libertadores também não interessa. Vamos ao que interessa: BBB. Não posso acreditar que as pequisas da internet estão dando que a nossa meiga Aninha vai sair. Pegaremos em armas! Enquanto isso, aqueles dois trancados nos armários ficam no programa…

# O Inter está com a faca e o queijo na mão para ser campeão gaúcho. Mas alguém tem dúvida de que a invencibilidade fica na touca amanhã?

# Há mais ou menos um mês o CJ disse que nem mesmo o Gre-Nal era parâmetro para a Libertadores. Hoje em dia eu não tenho nenhuma dúvida de que um Santa Cruz ou um Ypiranga da vida ganharia sem fazer força de uma potência como o Aurora.

# O homem mais velho do mundo trocou de site: agora atende pelo endereço http://www.botecodoilgo.blogspot.com

# Eu sou novo para ter visto o Muhammad Ali ter lutado, então pra mim o maior boxeador de todos os tempo segue sendo o Mike Tyson, com mordida e tudo mais. O cara era foda, as lutas duravam geralmente uns 30 segundos, tempo suficiente para ele dar uma no meio bem dada e mandar o cara na Lua. Agora, Tyson vai dar as caras no cinema. Twice. Primeiro no documentário Tyson, que deve demorar um boooooooooom tempo até chegar aqui. Então baixaremos ele antes na internet. Só pelo trailer dá pra ter uma ideia do quão essencial é ver o filme.

A outra aparição dele deve ser uma ponta só nesse divertido (ao menos a mostra) The Hangover. Ele aparece no finalzinho do trailer ouvindo… Genesis!!!

É Ulbra

março 25, 2009

ugbra

# Tenho andado cada vez com mais preguiça de postar aqui. Penso até em uns posts legais, mas deixo pra depois e aí viu, né? Bom, em compensação o blog de cinema tá sendo atualizado com bem mais frequência do que antes. Até porque lá decidi escrever tudo por tópicos, como se fosse uma conversa bem informal mesmo, flui mais. Então vamos ver se aqui rende tanto quanto.

# Não fui pra Colômbia nem pra Bolívia cobrir os jogos do Grêmio na Libertadores. Se tudo der certo, rola como foi em 2007 e as viagens começam a partir do mata-mata. E como ninguém tem dúvida de que o Grêmio vai passar de fase, é só esperar. Tudo bem, como não tenho lá muita simpatia por vôos, espero beeeem tranquilo.

# Não rolou Tunja, nem Cochabamba, mas rolou Canoas. Uhu. Grêmio x Ulbra no final de semana. Na boa, imprensa escrita só se fode. Os clubes preocupam-se em dar condições de trabalho pra rádio e tv e só. Jornal e internet fica onde der pra ficar. No caso do Complexo Esportivo da Ulbra, o “onde der” eram umas cadeiras de madeira lá no fundão, como se fosse um degrau acima da arquibancada. Junto da torcida. Como era jogo com pouco público, beleza. O foda é que tava muito, mas muito calor. E como todas as cadeiras já estavam ocupadas por sei lá quem, resolvi falar com o Hector Werlang, do DG, e irmos pra arquibancada, não tinha muita gente mesmo. Ficamos bem embaixo da direção do Grêmio, ao menos dava pra apoiar as costas na arquibancada. Os torcedores do lado berrando era o de menos. Foda era mesmo o sol. Muito sol. Na lata. Não deu 20 minutos e a gente resolveu voltar para “as cadeiras”. Que estavam ocupadas. Vi uns 20 minutos de jogo de pé, do lado de um brigadiano. Valeu, pessoal da Ulbra. No finalzinho, me dei conta que os repórteres de rádio estavam do outro lado do gramado, na sombra. E que eu tinha a fitinha que dava acesso ao campo. No intervalo, falei com o André Silva que me disse que lá estava na boa, menos calor e até com uma brisa. Vamo pra lá entonces. Entro no campo e tô indo quando o carinha da FGF diz que não dá. Só rádio e TV. Tá, mas e a fitinha? Não, só rádio e TV. Fiquei na boa primeiro porque vi que não era culpa dele (ele realmente achava que a Ulbra tinha dado um lugar bom pra gente) e segundo porque não ia adiantar nada. Ao menos tinha uma cadeira de madeira sobrando na volta. Com um tiozão cabelo Waldick Soriano e cheio de correntes na frente, mas vambora. Ah, sim, o jogo foi brabo.

# Nada contra, mas sinceramente: quem torce pra Ulbra? Eu já sou daqueles que acha que mesmo no interior se torce pra Inter ou Grêmio. Agora imagina em Canoas. Ulbra?

# Os dirigentes da Ulbra perderam uma grande chance domingo. Ah, estão falando Canoas ao invés de Ulbra. Pô, façam como o Eurico Miranda com o lance do SBT. O jogo era em TV aberta pro Estado todo. Aproveita, caramba. Taca uma frase enorme no uniforme, algo como “É Ulbra, não Canoas!”. Não tem como cortar a imagem. Vacilaram, merrrmão.

# A direção do Inter rateeou nessa história da poltrona 36 no ônibus novo. Isso é, no máximo, papinho de torcedor, discussão de boteco. Oficializar isso é de última e passa a impressão que não importa o bom momento do time, interessa mesmo é ficar falando do rival.

# Sexta-feira se tudo der certo, compro meu ingresso pro Oasis. Pista, claro. Não tem como ouvir Supersonic e ficar só batendo palminha na cadeira.

Setlist 9.9

março 12, 2009

logo

Oasis. Que é o que interessa.

O setlist esse ano tem sido basicamente o mesmo em todos os shows:

– Fuckin’ In The Bushes
– Rock ‘n’ Roll Star
– Lyla
– The Shock Of The Lightning
– Cigarettes & Alcohol
– The Meaning Of Soul
– To Be Where There’s Life
– Waiting For The Rapture
– The Masterplan
– Songbird
– Slide Away
– Morning Glory
– Ain’t Got Nothin’
– The Importance Of Being Idle
– I’m Outta Time
– Wonderwall
– Supersonic

– Don’t Look Back In Anger
– Falling Down
– Champagne Supernova
– I Am The Walrus

Dividindo pelos álbuns ficou o seguinte

Definitely Maybe – 4
(What´s the Story) Morning Glory – 4
Be Here Now – 0
The Masterplan – 2
Standing in the Shoulder of Giants – 1
Heathen Chemistry – 1
Don´t Believe the Truth – 3
Dig Out Your Soul – 6

Só não dá pra dizer que é perfeito porque falta Live Forever. Mas fora isso, perfeito.

O homem fica

março 12, 2009

goal

# O Grêmio ganhou, não ganhou? Era o que interessava pro time. Não jogou nem metade do que jogou contra os chilenos aqui, mas aqui empatou e lá ganhou, e o que vale é resultado. E nem precisa forçar muito a memória pra lembrar que geralmente as partidas pra sair da crise são assim, meio sofridas, nunca é uma sacolama de gols. Vejamos se agora engrena.

# Vem cá, e se o Grêmio tomasse um gol ali no finalzinho, o CJ Roth cairia? Mesmo o time criando 2397 chances de gol e errando todas elas? Aquela do Jonas, sério, minha mãe, a tua mãe, qualquer mãe, qualquer vó faria. A do Reginaldo faria.

# Curiosa a declaração do Krieger depois do jogo. Passou duas semanas sendo questionado se a situação lembrava o jogo contra o São Paulo ano passado. Negou em todas. Aí ontem, ao ser perguntado sobre o jogo, depois do jogo, disse “Sabe que essa situação me lembrou muito aquela do jogo contra o São Paulo, no ano passado”. Tu vê né…

# Eu não vi outro jogo, então não dá pra dizer que o time é isso ou aquilo, vai ver foi uma noite-não. Mas se aquilo ali é o Boyacá Chicó, nossa senhora, que time bem ruim.

12 de maio

março 11, 2009

Direto do MySpace oficial da banda…

oasis

Sem mais palavras…

Nada de novo no front

março 9, 2009

Não, não vou escrever de novo sobre o Roth. Só depois de quarta-feira. Por enquanto, vou gastar melhor o meu tempo votando para a Ana continuar no BBB…

Eles estão voltando

março 9, 2009

amadeus

Dois serviços de utilidade pública. Ambos musicais.

1. Os franceses do Phoenix vão lançar o quarto álbum, Wolfgang Amadeus Phoenix, dia 25 de março. Ou seja, semana que vem no máximo deve ter vazado já. Nem precisa lembrar o quão bacana é a banda. No site oficial dá pra baixar o single 1901, esse que tu escuta aí embaixo

***

2. O Pearl Jam vai relançar o álbum Ten (um dos três melhores álbuns ever) para comemorar os seus 20 anos. Não o teu, nem o do disco, mas o da banda. E entre as “atividades programadas”, estão o lançamento do single Brother, que até saiu no Lost Dogs em uma versão instrumental, mas que agora tem Eddie Vedder cantando e tudo mais. Taí.

Melões

março 4, 2009

Putz, sempre achei que os melões da Jessica Alba fossem melhores…

mel

Lições

março 4, 2009

pardal

# É, o noticiário dá conta que o Tite estaria pensando em começar o jogo de amanhã, contra o União-MT com o Andrezinho no time e o Sandro no banco. Ou seja, o time que deu certo no Gre-Nal seria alterado. Será que a lição do Roth no domingo não serviu para nada?

# A ótima matéria do Aliatti deixa bem claro. Só duvida de crime amanhã no Beira-Rio quem não tem memória. Senão vejamos para quais times poderosos o Inter já foi eliminado na Copa do Brasil em anos anteriores:

1990 – Criciúma
1993 – Londrina
1994 – Ceará
1998 – América-MG
2001 – Fortaleza
2003 – Remo
2005 – Paulista

Não tô nem contando aí o Paraná em 1995 e a sacolama para o Juventude em casa em 1999.

# CJ foi bem na entrevista coletiva hoje. Vão alegar que ele não disse muita coisa e que além disso ele não assumiu a culpa pela derrota no Gre-Nal. Sinceramente, alguém esperava que ele assumisse? E mais, hoje era o dia em que todo mundo julgava que ele iria para um fogo cruzado. E até foi, mas ele soube responder tudo sem perder as estribeiras. Mais que isso, não fugiu de nenhuma resposta.

# Não sei até que ponto é para consumo externo, mas o ambiente entre os jogadores no treino do Grêmio hoje era bom. Inclusive com Roth. No final dos trabalhos, resolveram fazer um “quem fizer o gol, tá liberado”. Ok, precisou 11 séries até que todo mundo fosse liberado, mas a própria brincadeira gerou muitas risadas de todos eles. Quase todos. O Tcheco parecia ainda bem chateado.

# Pela programação que o Grêmio passou, a delegação chega em Tunja às 18h30min de quarta-feira. E o jogo começa 19h50min. Tudo bem que tem toda essa questão da altitude e tudo mais, mas… não é muito em cima da hora? Qualquer merda que deer na viagem acaba com qualquer tempo de preparação. Tipo, furou um pneu na viagem de ônibus e o time não chega pro jogo.

# Viajar de ônibus pelas estradas da Colômbia? Quer uma dica? Levem camisas do Che Guevara na bagagem, por via das dúvidas.